O mercado imobiliário continua a buscar um descolamento dos problemas da economia e já atende à demanda reprimida “que ficou para trás”, como defende o economista-chefe do Secovi-SP, Celso Petrucci. Para ele, o ambiente em Brasília, apesar de todo o burburinho, aponta para o andamento das reformas necessárias para a economia brasileira voltar a decolar. “o que resulta em mais confiança para os empresários”, diz.

Assunto da semana, as medidas da Caixa Econômica Federal, que resultam em melhores condições para negociação de dívidas, além de contratos novos com uma expressiva redução de juros, são exemplos de uma política eficaz para a retomada do crescimento. Para o economista, isso impactará diretamente todas as áreas dos financiamentos habitacionais e, claro, facilitará o processo de aquisição de um imóvel.

O economista do Secovi acredita que esse é o maior atrativo da reforma, já que os juros são responsáveis por majorar ou diminuir o valor da prestação do mutuário. Segundo Petrucci, um dos segmentos mais contemplados pelas medidas do último dia 10 de junho é o segmento de imóveis usados.

“Dá uma dinâmica muito maior para a venda de usados. Além disso, a baixa anunciada na taxa de juros para 8,5% favorece a competitividade entre as taxas oferecidas pelos bancos.

A Caixa é formadora de mercados e detém dois terços do crédito imobiliário do País”, afirma. Para o especialista, o momento é de otimismo e de analisar, “tanto o empresário como o cliente”, as oportunidades que começarão a surgir a partir da redução de juros da Caixa Econômica. Esse corte de juros de financiamento foi, inclusive, apontado como positivo pela agência de classificação de riscos Moody’s, que relatou que isso ajudará a aumentar a concessão de crédito no principal produto do banco.

“A medida também reflete a estabilidade de crédito no Brasil e a efetividade da política monetária. Com participação de 68,8% mercado de crédito imobiliário em 2018, o movimento da Caixa vai assegurar que a instituição permaneça competitiva num produto em que tem grande experiência”, finalizou.