Zampieri Imóveis

O uso da tecnologia hoje ultrapassa os aparelhos eletrônicos e já está presente até mesmo na estrutura de nossas casas. Trata-se da automação residencial que, utilizando inteligência artificial, permite o controle e interação de elementos como iluminação, ar-condicionado, eletrodomésticos, irrigação de jardins e circuitos de segurança com um simples toque em um smartphone ou tablet.

Em edifícios comerciais e residenciais, a utilização eficiente do sistema de iluminação, isolamento, condicionamento de ar e ventilação eficientes possibilita a redução de até 40% do consumo de energia e o aumento da produtividade estrutural em até 16%. Além da redução das taxas de condomínio, prédios inteligentes proporcionam queda de 30% nos gastos de serviços de telefonia e internet.

Além disso, a implantação de uma infraestrutura de alta tecnologia representa em média uma valorização de 1,5% por metro quadrado em edificações residenciais, e 2,5% em edifícios comerciais.

Como benefícios, o morador tem comodidade, tranquilidade e segurança. Um exemplo é o Ritz Residence, empreendimento de alto padrão em Maceió, onde a automação de alto nível é uma realidade.

No quesito segurança, o condomínio disponibiliza um sistema de identificação e registro de histórico na entrada social, e abertura automática da garagem por meio de uma tag criptografada no veículo.

Além disso, os apartamentos contarão com três opções de kits de automação. O mais completo oferece fechadura automatizada e conta com um sistema que permite controlar à distância, ou pessoalmente com a voz, a intensidade da luz, a temperatura e até ligar a TV no seu programa favorito.

Um servidor multimídia local armazenará músicas e filmes, enquanto um Home Theater 7.1 Dolby Atmos produzirá uma experiência imersiva com caixas de som integradas ao ambiente. Tudo isso, orquestrado pela Alexa, a assistente virtual inteligente da Amazon, que conversa com os moradores, aprende suas preferências e automatiza o apartamento.

Dados da Abrapi (Associação Brasileira de Automação e Prédios Inteligentes) estimam que nos próximos anos os investimentos em alta tecnologia atinjam cifras de R$ 20 bilhões no Brasil. De acordo com a instituição, com a construção de empreendimentos hightech, os edifícios mais antigos deverão passar pelo processo de retrofit para modernizarem-se e conseguirem competir com os novos prédios.

Leia também no blog da Zampieri Imóveis: Alagoas entra na rota de empreendimentos de alto luxo.

Zampieri Imóveis

Este artigo foi produzido pela Zampieri Imóveis. Gostou? Compartilhe suas sugestões e dicas, nossos consultores vão adorar conversar com você. Deixe seu comentário abaixo!

Setor imobiliário assina manifesto pela aprovação da reforma da Previdência
25 abr
Mercado Imobiliário

Setor imobiliário assina manifesto pela aprovação da reforma da Previdência

Durante eventos do segmento, como a análise de 100 dias de governo e Summit Imobiliário Brasil, entidades do ramos apontam […]

leia mais
O mercado imobiliário está se reaquecendo e você deve aproveitar esse momento
30 jan
Mercado Imobiliário

O mercado imobiliário está se reaquecendo e você deve aproveitar esse momento

Segundo o Radar Abrainc-Fipe, desde 2015 o mercado não apresentava tanto otimismo em relação ao setor imobiliário. Diversos motivos contribuem […]

leia mais